24 outubro 2007

Há cada ANIMAL

Um artista da Costa Rica, Guillermo Habacuc Vargas, expôs um cão vadio faminto numa galeria de arte. O cão estava preso por uma corda curta.
Ninguém alimentou ou deu agua ao pobre cão que morreu durante a exposição.
Guillermo Habacuc Vargas foi o artista escolhido para representar o seu país na "Bienal Centroamericana Honduras 2008".

Para quem achar isto inadmissivel deixo o link da petição onde se pede que este fdp não ganhe o prémio:
http://www.petitiononline.com/13031953/petition.html


Não tive coragem de colocar o resto das fotos , quem quiser pode ver aqui


Ajuda Animal - Pombal , donde retirei a noticia

2 Comentários:

Filipe Vilhena disse...

FILHO DA PUTA !!!!FILHO DA PUTA !!!!FILHO DA PUTA !!!!FILHO DA PUTA !!!!FILHO DA PUTA !!!!FILHO DA PUTA !!!!FILHO DA PUTA !!!!FILHO DA PUTA !!!!
Um cabrão destes era usar 1 taco de basebol, mas não para era lhe bater com o taco, era enfiar-lho no ... mas devarinho para ele sentir a dor!!!!

SRD disse...

Guillermo Vargas:- "O importante para mim é constatar a hipocrisia alheia: um animal torna-se o centro das atenções quando o ponho num local onde toda a gente espera ver arte, mas deixa de o ser quando está na rua. O cão está mais vivo do que nunca porque continua a dar que falar". - Palhaço

Enviar um comentário

Deixa aqui o teu comentário
Não o faças como anónimo
Obrigado

  ©Template Blogger Elegance by Dicas Blogger.

TOPO